Quem somos

Dhyemille (Dhy)

1471293_483914988393101_1735293603_n

Olá, meu nome é Dhyemille (eu sei, um nome complicado), tenho 16 anos, nunca fui de escrever textos, mas estou tentando aprender aos poucos.
Eu sou assim, espontânea, tenho o gosto de inocência em minha boca. Sou muito agitada, por isso quero tudo ao mesmo tempo e não me conformo com respostas pela metade. Alegria pra mim tem que ser completa, o choro tem que ser as bicas. Sou exagerada por natureza. Meus sonhos são imensos e se misturam com realidade de tal forma que me atrapalho. Queria ser melhor, mas faço o que posso. Apesar de tudo, meu coração é de açúcar, se brigo, no mesmo instante me arrependo e volto atrás. Gosto muito de tocar o coração e da mesma forma um afago me derrete.
Um dia estou triste e no outro novinha em folha e ainda me emociono com flores, carinho, bondade, amor. Experimente me entender, neste emaranhado de coisas.
Para mim o mundo é pequeno e nada me amedronta. E eu ainda acabo acreditando que o pra sempre é de verdade e o nunca mais, ilusão. Resumindo sou uma pessoa difícil de ser entendida (rsrs). Beijo grande a todos, e espero que gostem dos meus textinhos ❤ . +

Cat Virgínia

IMG_20131118_112309

Olá! Sou Catarina, tenho 15 anos. Sou sonhadora, alegre, agitada, sensível, determinada… Uma mistura de tudo! Não sou muito de falar o que se passa em meus pensamentos, logo escrever virou meu ponto de paz, um jeito que me expressar e fazer o que gosto. Também estou no Who Says, até mais (= +

“Fiz muitas mudanças, mas nunca esquecendo de quem eu era…”

Lari 

img1404687584376

Larissa, 17 anos. Completamente apaixonada por psicologia, séries e livros. Adora escrever e refletir sobre as pessoas e suas atitudes. Meio complicada e com muitos problemas de organização, ama estar com pessoas legais e se divertir em todas as situações. +

“Tantos de nós teríamos de conviver com coisas feitas e deixadas por fazer naquele dia. Coisas que terminaram mal, coisas que pareceram normais na hora, porque não tínhamos como prever o futuro. Se ao menos conseguíssemos enxergar a infinita cadeia de consequências que resultariam das nossas pequenas decisões. Mas só percebemos tarde demais, quando perceber é inútil.” Quem é você, Alasca? – John Green

Nanda Fernandes 

nanda

“Me reinvento a todo instante, não decido as coisas com antecedência, e prefiro muito mais praia à noite. Assim como Clarice, não me prendo a nada que me defina, não me limito, não sou cruel comigo. ” Trazida ao mundo há 16 anos, registrada até hoje como Fernanda, e aprendiz voluntária desse mundo cheio de coisas a ensinar. Do meu futuro só espero passagens aéreas, música alta e risadas ao entardecer em frente a uma piscina borda infinita, olhando o horizonte com todos aqueles que amo e ainda vou amar. Meu outro eu chama-se  Clara Amorim, e vocês estão convidados a conhecê-la também. +

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s